Menu


Acordo prevê tecnologia de ponta para rede pública de ensino

16 MAI 2018
16 de Maio de 2018
Acerto com Microsoft inclui cursos de capacitação e acesso à tecnologia para professores e estudantes. Estimativa é de uma economia de R$ 12 milhões para o erário público

O governo de Brasília, por meio da Secretaria de Educação, assinou acordo de intenções com a empresa de computadores Microsoft no Brasil para absorção de tecnologia de ponta e conhecimento técnico a serviço da rede de ensino público do Distrito Federal.

O acordo foi firmado durante a Bett Educar, feira de educação que ocorreu na semana passada em São Paulo. A iniciativa, segundo a secretaria, é um primeiro passo para capacitação de crianças e jovens em tecnologia, a fim de estimular ideias inovadoras e empreendedoras.

A partir de 10 de junho, as instituições de ensino do DF terão acesso às plataformas Microsoft com o Office 365 para educação (nuvem).

A medida terá impacto importante nas rotinas da rede de ensino e na execução de tarefas como:

E-mail e calendário (Outlook)
Conferências on-line e mensagens instantâneas (Skype)
Rede social corporativa (Yammer)
Editor de textos (Word)
Planilha de cálculo (Excel)
Apresentação de slides (PowerPoint)
Bloco de notas (OneNote)
Armazenamento de arquivos (OneDrive)
Colaboração em tempo real (Teams)
Além das ferramentas do Office 365, mais de 460 mil alunos brasilienses serão beneficiados com a plataforma Microsoft Virtual Academy. Isso inclui softwares, conteúdo e cursos completos para capacitação e programas educacionais da empresa no Brasil e no mundo.

Também serão disponibilizadas as plataformas para apoio acadêmico e treinamentos, como o OneNote para professores e o conteúdo hacking STEM (recurso tecnológico para facilitar o ensino), lançado no Brasil durante a Bett.

As inovações estarão disponíveis já no segundo semestre deste ano. Para o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho, o Brasil vive momento ímpar com todas as alterações propostas na execução da nova base nacional comum curricular.

Há no País, segundo ele, uma proposição de grande impacto, na qual a tecnologia será aliada importante, com a pretendida educação em tempo integral. O acordo também permitirá, na sua estimativa, uma economia de R$ 12 milhões aos cofres públicos.

Sobre a Microsoft Brasil
A empresa está no Brasil há 28 anos e é uma das 110 subsidiárias da Microsoft Corporation, transnacional norte-americana fundada em 1975.

Desde 2003, a empresa investiu mais de R$ 560 milhões em tecnologia cedida gratuitamente a cerca de 2,8 mil ONGs no Brasil, em benefício de vários projetos sociais, segundo informou o diretor de educação da Microsoft Brasil, Antônio Moraes. 
Voltar

© 2016 Rádio Livre FM Associação Cultural de Difusão Comunitária Livre FM  CNPJ: 005.092.892/0001-11
 Ed. Multishopping 3ª Avenida A/E 2 S Nº  Lotes KLMN Sala 336 | CEP: 71.720-585 | Núcelo Bandeirante,  Brasília-DF
Fale conosco: (61) 3036-8820

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.